Modelos não são referenciais de saúde

Início / Blog / Modelos não são referenciais de saúde

As exigências da era da beleza acarretam transtornos alimentares

Por Luciana Kotaka

A saúde deve ser um foco em nossa vida e cuidados rotineiros fazem grande diferença quando falamos em saúde, tanto física quanto mental. Atualmente, a moda é corpo magro, de preferência como os corpos que desfilam nas revistas e outdoors das grandes cidades. Lindas modelos com roupas tamanho P invadem a vida de muitas mulheres, levando muitas a idealizarem esses corpos como sinônimo da real beleza.

Essa é uma situação delicada que vem promovendo muita insatisfação, além de ser uns dos desencadeadores em busca de dietas desequilibradas, automedicação, entre casos de anorexia, bulimia e compulsão alimentar.

Essas mulheres expostas nas revistas não levam a mesma vida que nós mulheres vivemos no dia-a-dia. Somos reais, mães de família, trabalhadoras. Vivemos a realidade de ir a festas, poder saborear algumas comidas das quais gostamos e poder viver a vida de forma equilibrada.

Em toda busca que fazemos é importante ter em mente que o equilíbrio deve nortear todas nossas ações. Todos os excessos, todas as atitudes drásticas e extremistas não são saudáveis.

Ao buscar uma reeducação alimentar, a prática de exercícios físicos, ou mesmo algumas mudanças que queremos em nossa vida, temos que ter a percepção de que tudo tem seu tempo, e depende somente de nós mesmos alcançarmos o objetivo de forma adequada e saudável.

As modelos vivem de seus corpos, pois são instrumentos de seu trabalho, onde as roupas devem ter um caimento impecável, se é que ficam bonitas magras como se apresentam. Manter o peso magro pode ser um caminho árduo e levar a sérias complicações, das quais não vão promover o bem-estar, pois corpo sem equilíbrio não é saudável.

Corpo são e mente sã, são dois aspectos dos quais todos temos que zelar, pois nada funciona bem quando não alcançamos um processo, onde o sentir-se bem e o estar bem estão intimamente entrelaçados. Ser bela é antes de tudo poder olhar para si mesmo, se amar, se cuidar, e o mais importante, se respeitar.

http://www.dicasdemulher.com.br/modelos-nao-sao-referenciais-de-saude/

Mostrando 2 comentários
  • Vânia Almeida

    “corpo sem equilíbrio não é saudável” Muito boa matéria Lú! Vc me surpreende sempre. É isso mesmo que acontece na cabecinha de muita menina: “ser magra igual as modelos”. Tem que ter equilibrio gente!!!
    Bom feriado lindona,
    bjos

  • Nut. Juliana Tolêdo de Faria

    Infelizmente na nossa sociedade muitas adolescentes encontram-se iludidas com o padrão de beleza imposto pela sociedade e muitas vezes essa atitude é responsável por uma serie de distúrbios alimentares e transtornos psicológicos. É o que diz a reportagem do Fantástico: http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL694648-15607-147,00.html

Escreva um comentário