A alimentação é o principal pilar na amenização dos sintomas da TPM.

Início / Blog / A alimentação é o principal pilar na amenização dos sintomas da TPM.

Cada tipo de sintoma predominante (dor nas pernas, inchaço, dor de cabeça dor nos seios, irritação) tem um causa por trás e uma estratégia do ponto de vista nutricional.

Estratégia Nutricional: Reduza o consumo de carne vermelha e prefira utilizar frango orgânico sempre que possível (nível de hormônio menor). Escolha alimentos fontes de complexo B para auxiliar o fígado a funcionar melhor (cereais integrais, oleaginosas, feijões, ovos, vegetais verdes escuros). Aumente o consumo de fibras e de lactobacillus (em sachês à venda em lojas de produtos naturais ou sob a forma de leites fermentados disponíveis em supermercados ou na forma de cápsulas).

Estratégia Nutricional: Nesses casos de TPM a glicose está menos disponível na circulação então a tendência é aumentar a necessidade de doces. Para regular melhor os níveis de glicose precisamos de vitamina B3, zinco (leguminosas, frutos do mar, grãos integrais e frango), cromo (maior fonte é a levedura de cerveja e os grãos integrais) e magnésio (folhas verdes escuras, frutos do mar, cereais integrais).

Estratégia Nutricional: A vitamina mais importante nesses casos é a B6 (lentilha, feijão, banana, arroz integral). Para o funcionamento hepático é essencial utilizar clorofila, aumentar o consumo de couve, brócolis, repolho, couve flor, nabo, rabanete, alimentos folhosos verdes escuros, chá verde, consumir consumir alimentos orgânicos sempre que possível.

Estratégia Nutricional: Aumentar a ingestão de magnésio e B6 principalmente, Vitamina E (sementes de girassol, gergelim, abóbora, nozes, castanhas, amêndoas, etc), beta caroteno (vegetais folhosos verdes e frutas e legumes alaranjados como cenoura, abóbora, mamão). Reduzir o consumo de sal na alimentação. Reduzir o consumo de açúcar que favorece a retenção de líquidos assim como o sal.

Elisabete Porfírio

Nutricionista

e-mail clínica: nutricionista@medsena.com.br

Celular: (41) 9670-0858

Escreva um comentário