Causas do perfeccionismo e a obesidade

Início / Blog / Causas do perfeccionismo e a obesidade

Comer é uma necessidade biológica, e só nós podemos nos satisfazer. Como é uma atividade pessoal, escolhemos o local aonde iremos fazer essa comilança.
Aí vem o perigo, pois escolhemos o local para deixar escapar o controle que tanto lutamos para manter a sete chaves.
Podemos verificar algumas causas que levam as pessoas se portarem de forma perfeccionista:

1- Tudo ou nada – Ou faço certinho ou não faço. Então tenho que fazer academia todos os dias das 18h00min ás 20h00min, ou não faço. Claro que essa necessidade de fazer tudo certinho, perfeito, vai estourar em qualquer momento. E aí a comida vira o prato principal nesse momento.
2- Não pensar muito em você – Vive fazendo coisas ,não sobra tempo para pensar no investimento que tem que fazer no seu relacionamento afetivo. O namorado ou marido não está sendo legal contigo, mas vai se enchendo de projetos e trabalhos a ponto de não pensar em mais nada. Lógico que nesses momentos, fica beliscando alguma coisa sem perceber, por pura insatisfação ou ansiedade.
3- Perfeita – Elabora um projeto, e dá tudo de si para dar certíssimo. Quando isso não acontece, se frustra tanto, que acaba atacando a comida de forma descontrolada.
4- Medo do fracasso – Você sabe de sua competência, recebe uma proposta de trabalho, e diante desta nova situação, fica morrendo de medo. O medo do fracasso é tão forte, que se sente compelida a comer compulsivamente.
5- Necessidade de ser aceita por todos – Sempre boazinha, tentando agradar a todos, e quando não consegue, esses sentimentos geram raiva, frustração, ansiedade e até depressão, e chega um momento que a necessidade de liberar esses sentimentos reprimidos, acaba sendo por meio da comida, pelo álcool ou até mesmo as drogas.

Então concluímos que não existe perfeição. Que se tratando de emagrecimento e manutenção de peso, precisamos ser mais flexíveis em relação a nossas metas, com nossos deslizes, pois acima de tudo, somos seres humanos, passíveis de erros.
Vamos então exigir menos de nós no dia a dia. Podemos emagrecer sim, sermos mais disciplinados e organizados, traçar metas, mas podemos também nos dar colo, carinho, e até faltar na academia .
Precisamos relaxar curtir a família, os amigos, e isso não impede que possamos alcançar nossas metas de perda de peso.

 

Psicóloga Luciana Kotaka

Especialista em Obesidade e Transtornos Alimentares

Curitiba-PR

Comentários
  • Jessica

    Meu deus, sou mesmo perfeccionista. Virtude para algumas coisas, defeito para outras. Por ser assim, é que às vezes a minha vontade e fé de perder peso se abalam quando cometo alguma asneira.

    Mas ao longo desse tempo, vou aprendendo a ser mais flexível e liberta em relação ao processo de emagrecer, porque já aprendi que ficar triste e não continuar não me leva a lado nenhum. Aliás leva, leva-me ao passado. E por isso tenho tendo mudar!

    Beijinhos*

Escreva um comentário