Descobrir motivo de compulsão por comida é vital para emagrecer

Início / Blog / Descobrir motivo de compulsão por comida é vital para emagrecer

Muitas vezes, a necessidade de comer vem de carências não-resolvidas

Por Luciana Kotaka

A compulsão é um grande tormento para milhares de pessoas que sofrem com o sobrepeso e obesidade. Quem nunca teve um momento de deslize e exagerou ao comer, não sabe a culpa e a auto-recriminação que as pessoas sentem quando acabam comendo em excesso.

A compulsão, segundo as autoras Angélica de Medeiros Claudino e Maria Teresa Zanella, é o termo utilizado para atos que o indivíduo se sente coagido internamente a realizar e, se não o fizer, haverá incremento da angústia.

Desta forma, podemos pensar em como a comida acaba levando a uma satisfação rápida, tanto de emoções, como de sentimentos angustiantes, pois é uma forma rápida de compensação e de alívio.

O foco é identificar o que em você não está sendo bem canalizado, preenchido, e que a comida está tendo que tapar.

A forma de pensar gordo tem relação direta nesse aspecto, pois ao avaliarmos esses indivíduos, verificamos que os mesmos estabelecem uma relação de dependência a nível de satisfação, tanto corporal quanto pessoal.

O segredo é criar consciência do motivo que está comendo. Se está com fome, se come para acompanhar alguém, ou porque está descontando emoções na comida, e se perguntar sempre o porquê está comendo.

Diante desses questionamentos, o único caso que deve ser resolvido com comida é a fome. Se estiver triste chore; se está ansioso, tome um banho, relaxe, respire fundo. O importante é vivenciar as emoções e resolver cada uma delas com a solução mais adequada, isto é, permitir sentir o que está acontecendo e procurar resolver da forma mais assertiva, que com certeza não será a comida.

A partir daí, você vai começar a perceber a diferença entre fome-física e fome-emocional, e vencer a compulsão. Essa percepção e o reconhecimento das duas situações distintas abrem seu leque de opções, dando instrumentos para lidar melhor com essas situações.

É você quem vai decidir se come ou não come, é você que tem que ter o controle sobre seu corpo e emoções. Como comer é para a vida toda, é importante que aprenda a lidar com a comida, pois viver de regime é contraproducente e gera compulsão alimentar.

Se mesmo depois de tomar todas as medidas necessárias para perder peso você não conseguir emagrecer por não ter mantido as orientações, procure um psicólogo para poder compartilhar e solucionar aquilo que não está determinado apenas na necessidade orgânica de se alimentar. Juntos, vocês trabalharão o motivo pelo qual você está precisando se alimentar de comida, e não de afeto, carinho, alegrias e realizações. Aprenda a viver a vida com prazer, pois em nossa rotina diária, acabamos não nos permitindo vivenciar atividades prazerosas e vamos sendo esmagados pelas obrigações.

As mulheres quando estão acima do peso, acabam por se afastar das atividades sociais e que eram prazerosas para elas. Desta forma, ocorre um aumento da ansiedade, e a comida passa ser uma das únicas fontes de prazer, podendo gerar crises de compulsão e a obesidade.

O foco é identificar o que em você não está sendo bem canalizado, preenchido, e que a comida está tendo que tapar.

http://www.minhavida.com.br/conteudo/13370-Descobrir-motivo-de-compulsao-por-comida-e-vital-para-emagrecer.htm
Luciana Kotaka
Especialista em Obesidade e Transtornos Alimentares
Curitiba – PR
Mostrando 4 comentários
  • Vânia Almeida

    Lu, vc falou isso pra mim!!!!! Sou complusiva sim quando estou ansiosa…isso me mata!!
    bjos

  • Lualis Rosa

    É vencer a compulsão é minha luta diaria… Mas ainda não consigo identificar o que me faz me sentir assim, tenho feito terapia a quase dois anos e sei lá, hoje tenho bem mais controle, mas ainda não tenho o controle que gostaria. Não o que faz disparar o botão que me faz comer como louca. E também não sei onde desligar depois que é acionado. Hoje são bem mais esparçadas, mas as crises ainda existem. Sei que pura ansiedade, mas não por que me sinto assim…
    bjos

  • Solange

    Lú,
    Eu tb tenho que me controlar e a terapia me ajuda bastante. Fome emocional é um saco!!!!!

    Bjs

  • Mônica Beraba

    Oi, tenho 59 anos, e estava pesando 133 Kg, achei que ia morrer e me preparei para fazer a cirurgía bariátrica, o médico disse que eu tinha que perder 8Kg, achei um absurdo, conversei com minha família e meu irmão disse que sem ajuda não conseguiria, colocou então um personal e consegui sair da cama, fazer uma reeducação alimentar e exercícios consegui mandar para o espaço 37Kg. Comecei a fazer isso em Dez. de 2010, bem eu ia muito bem, agora não sei ainda o motivo tenho uma fome louca na parte da tarde, muita vontade de comer de tudo, tendo ao máximo me controlar, mas é difícil e não gostaria de botar a perder todo o meu esforço. Sei que sou capaz de resistir, mas as vezes é muito difícil, é a famosa COMPULSÃO? ou será Solidão? Bem adorei ter encontrado vocês. Grande abraço!

Escreva um comentário