Dietas Extremistas versus Metas Possíveis

Início / Alimentação / Dietas Extremistas versus Metas Possíveis

corpo_1808

Existe uma frase que ouvi de uma profissional da área de saúde que é  bem realista em se tratando da Obesidade:

 “Dieta é contraproducente e leva a Obesidade”

 É muito importante pensarmos nessa questão, pois compramos várias ideias, várias receitas e não paramos para avaliar que  tudo o que se fala do assunto, a obesidade continua crescendo.

 Dietas, a todo momento surge uma nova promessa,  nova expectativa de que agora vai… Vai sim, novamente vamos nos enganar que desta vez vai dar certo, e vamos lá, deixar de comer isso, ou só comer aquilo e eu lhes pergunto:

Comer é para vida toda e você vai comer só isso ou fazer dieta o resto da vida ?

Nesse momento ao pararmos para pensar, veremos que isso não é possível, que queremos ter uma boa relação com a comida e, sobretudo com nós mesmas.

 Temos que aprender a viver na sociedade, com as festas de família, com as festas de crianças, com a páscoa, natal, enfim, viver com a comida de forma tranquila e não viver em função dela.

 Ouço o tempo todo pessoas que dizem querem emagrecer, que fazem Reeducação Alimentar, quando na verdade fazem é privação de alimentos que são importantes para o bom funcionamento de nosso corpo e consequentemente para a saúde.

Será que não é momento de repensar nossos comportamentos? Nossos valores? Podemos encurtar esse processo doloroso que é o emagrecimento, ao nos permitirmos sermos orientados por profissionais qualificados, e tratar de forma conjunta os aspectos envolvidos nesse processo sofrido que é a perda de peso.

Não existe nenhuma fórmula mágica que vai tirar a gordura de nosso corpo, a não ser pela reeducação alimentar, reeducação afetiva e exercícios físicos.

 Emagrecer de forma gradativa e saudável é a melhor ideia que se pode comprar.

 Luciana Kotaka

Psicóloga Clínica

Mostrando 2 comentários
  • Juliana Cristina de Castro

    Adorei esse artigo, pois como nutricionista acredito muito nisso, sempre falo aos meus pacientes, que temos que viver e ser felizes e que comer faz parte disso e que o momento com pessoas queridas faz bem e que nem por isso é proibido comer nessas ocasiões .

    • Luciana Kotaka

      Verdade Juliana, muito raro não aparecer essas características, na verdade, acho que sempre estão presentes.
      Um beijo

Escreva um comentário