Edulcorantes, afinal qual a verdade sobre eles.

Início / Alimentação / Edulcorantes, afinal qual a verdade sobre eles.

por Luciana Kotaka

10676201_10152910626998319_7724398933024760629_n

Em mais um encontro de Blogueiros do Viva Positivamente tivemos o prazer de contar com a presença da Dra. Maria Cecília Toledo em um bate-papo sobre o assunto. Ela que é Doutora em Ciência de Alimentos pela Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP, Brasil, com Pós-Doutorado em Toxicologia de Alimentos na Oregon State Universit, nos proporcionando a oportunidade de sanar várias dúvidas sobre o tema edulcorantes.

Afinal, o que são edulcorantes?

Muitas pessoas confundem o real significado do produto, então vamos lá:

São substâncias que apresentam alta capacidade em adoçar e são muito mais doces do que o açúcar tradicional. Podemos citar algumas, como aspartame, ciclamato, sacarina e steviosídeo.

“É por isso que precisamos verificar o rótulo dos produtos para verificar qual adoçante é mais adequado ao nosso organismo”.

No encontro ela nos conta que todos os edulcorantes foram testados exaustivamente a fim de comprovar que seu uso não traz nenhum malefício à saúde do ser humano, afinal as empresas têm esse cuidado com os seus consumidores.

Falando da empresa Coca-Cola ela nos conta que cada produto tem uma fórmula diferente, como o portfólio das bebidas aumenta cada vez mais, compreendem muito tempo para testar e aprovar cada um dos produtos. Alguns projetos levam de quatro meses a dois anos para serem desenvolvidos.

Existem vários centros de pesquisa no mundo e também em universidades para os testes das bebidas, no laboratório do Rio de Janeiro tem o SAC e o laboratório de embalagens.

Uma informação que achei bem importante é que não necessariamente o objetivo é reduzir o açúcar para se colocar adoçantes, pois caminham sempre utilizando novas tecnologias com essa finalidade, dependendo da quantidade a ser reduzida.

Outro aspecto interessante que a Dra. Maria Cecília colocou é que não existem adoçantes naturais, pois a partir do momento que um produto é retirado de seu local, como, por exemplo, a uva que é transportada, acondicionada e processada, deixa de ser natural. Porém não é porque um alimento é processado que faz mal ao organismo. Essa informação é muito importante, pois por vezes confundimos algumas informações por falta de um esclarecimento maior sobre o tema.

“Os alimentos levam aditivos porque é necessário para que se conserve mais tempo.”

Alguns produtos foram sendo modificados ao longo dos anos em busca de apresentar ao consumidor um produto mais natural e saudável, principalmente o Kapo, uma bebida para o público infantil. Essa bebida contém sucos necessários para atender a legislação e suco de cenoura roxa e amarela, dando cor a bebida, além de ser termicamente tratado para não levar conservantes. Os produtos são avaliados por nutricionistas e pediatras em busca de uma bebida adequada às crianças.

Saí desse encontro bem satisfeita com as informações recebidas e dúvidas que foram esclarecidas, afinal contamos com uma profissional de alto gabarito para esclarecer quaisquer dúvidas que tivéssemos.

Também tivemos a oportunidade de experimentar várias bebidas que foram produzidas e são vendidas em outras regiões e países, são todas deliciosas, claro que com características diferenciadas.

Obrigada a todos envolvidos na  organização do evento, a cada encontro me surpreendo mais!!!

Mostrando 2 comentários
  • Regiane Ivanski

    Luuu!!!
    Adorei a sua ótica sobre o evento e a nossa foto!!
    beijos
    Regiane

  • Elenara Stein Leitão

    Super bem explicado, adorei a postagem. E adorei me ver na foto também! Beijos

Escreva um comentário