Regulamentação da Publicidade Infantil Pode Combater Obesidade

Início / Blog / Regulamentação da Publicidade Infantil Pode Combater Obesidade
Consea revela a necessidade urgente de regulamentação da publicidade infantil no combate à obesidade.
 

Regulamentação da Publicidade Infantil Pode Combater Obesidade

“A criança brasileira é a que mais tempo fica na frente da televisão, uma média de cinco horas diárias”. A afirmação foi feita no 1º Seminário Infância Livre de Consumismo, realizado recentemente na Câmara dos Deputados. Segundo a conselheira Elizabetta Recine, do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), o aumento de brasileiros com excesso de peso eobesos mostra a necessidade urgente de regulamentação da publicidade infantil.

De acordo com Elizabetta, até os 12 anos de idade as crianças não possuem capacidade de separar o que é programação do que é publicidade. Assim, elas não têm condições de julgar o que é uma informação verdadeira do que é apelo ao consumo.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que houve aumento contínuo e substancial do percentual de pessoas com excesso de peso e obesas nos últimos anos, em todas as regiões do País, em todas as faixas etárias e em todas as faixas de renda.

O sobrepesoatinge mais de 30% das crianças entre 5 e 9 anos de idade e cerca de 20% de crianças e jovens entre 10 e 19 anos.

Hábitos Saudáveis

“A publicidade precisa ser usada para estimular hábitos alimentares saudáveis nas crianças, como foi feito recentemente nos Estados Unidos”, afirmou o vice-presidente executivo da Associação Brasileira de Anunciantes, Rafael Sampaio.

Ele ressaltou que a Associação dos Plantadores de Cenourinhas contratou uma das melhores agências americanas, que fez uma campanha e colocou a cenourinha em vending machines, em embalagens iguais às batatinhas, alcançando um sucesso extraordinário.

A coordenadora da Frente Parlamentar Mista de Direitos Humanos da Criança e do Adolescente, deputada Erika Kokay (PT-DF), declarou que regulamentar a publicidade direcionada às crianças é cumprir o que diz a Constituição Federal, que assegura a elas proteção integral.

O evento foi promovido pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias.

http://www.abeso.org.br/lenoticia/908/regulamentacao-da-publicidade-infantil-pode-combater-obesidade.shtml

Escreva um comentário