Os dez mandamentos de quem quer seguir uma dieta

Início / Blog / Os dez mandamentos de quem quer seguir uma dieta

1 – Não conte a ninguém ! Simplesmente faça. Alguns ” amigos ” encontram ” consolo ” no fracasso alheio e inconscientemente torcem contra. Outros poderão perguntar se já alcançou algum resultado e os detalhes da dieta, tornando-a sem querer uma cobrança pra você. Geralmente familiares mais próximos, com a melhor das boas intenções, fazem muita pressão e criam muitas expectativas, estressando quem quer seguir uma dieta.

2 – Ao recusar uma guloseima, simplesmente diga “não, obrigado”. Jamais abra o motivo : “estou de dieta”. Em comemorações ou festividades, ao expor este motivo, pessoas ao redor, na melhor das boas intenções, podem aumentar a tentação, insistindo : “ah, só unzinho não faz mal… “ou” só um pedacinho.. .”ou” só hoje, está tão gostoso…”. Melhor desculpa: “não gosto muito disso”, se insistem : “pra falar a verdade, detesto isso”. Ninguém insistirá, nem ficarão com pena de você, nem repararão (e comentarão) a cada semana se você está realmente emagrecendo.

3 – Não se engane. Muitas pessoas vão até consultórios, compram revistas, livros de dietas, etc e tal, só para darem uma satisfação à alguém ou pensarem que estão fazendo alguma coisa. Na verdade fazem a dieta de vez em quando e vivem arranjando desculpas para continuarem comendo tudo o que gostam, na quantidade que gostam. Ou seja, vivem se enganando. Quando você quer mudar algum hábito ou conseguir alguma coisa, você acha solução para todos os obstáculos e não procura desculpas nem fica colocando empecilhos.

4 – Tempo é uma questão de prioridade. Existem pessoas que têm tempo, aposentados por exemplo, e usam a desculpa esfarrapada “não tenho tempo” colocando uma série de deveres corriqueiros, burocráticos e secundários na frente do objetivo principal. É a questão anterior, estão se enganando. Mas existem pessoas que realmente são muito ocupadas e a dieta tem que ser encaixada numa agenda apertada. Sempre uso o exemplo de Abílio Diniz, presidente do grupo Pão de Açúcar. Pode ser difícil, mas não é impossível. Lembre-se: nenhuma vitória cai na cabeça de ninguém. Todas elas exigem um certo sacrifício seu. Resta saber se vale a pena.

5 – Afaste as tentações. Não tenha em casa, não coloque na mesa, nem faça para os outros aquilo que você não pode comer. Assim, fica mais fácil Ter força de vontade.

6 – Não desista nunca. Uma vez por semana, geralmente Domingo, que é um dia atípico, libere a dieta como forma de compensação pelo bom desempenho da semana. Psicologicamente isso é muito bom, pois você sabe que pode comer um pouco do que gosta (neste dia).Não está prisioneiro de um regime. No entanto, ao longo dos 6 dias de dieta pode ser que você tenha uma recaída. Se isso for raro, é normal. Não se martirize, não desista nunca do objetivo. Mesmo que a perda de peso seja lenta não é a perfeição que leva à vitória, e sim a persistência.

7 – Tenha sempre uma atitude positiva. Às vezes, as pessoas acham que estão sofrendo por estarem seguindo uma dieta, e isso não é bom. Na verdade estas pessoas deveriam estar felizes e orgulhosas de si mesmas por conseguirem emagrecer por seu próprio mérito, já que sabemos que isso exige força de vontade, disciplina e coragem.

8 – Não cobiçareis a dieta do próximo. Ela não serve para todo mundo porquê ninguém é igual. Comece com o pé direito: Vá a um nutricionista, veja seu peso, sua altura, informe seu sexo, sua idade, relate seus horários e toda sua alimentação diária e quando você sente mais fome para que seja feito um cardápio que você consiga seguir, e que possa ser modificado e adaptado às suas circunstâncias. Ressalvo que remédio só deve ser tomado por pessoas doentes e receitados por Médicos, em caso de obesidade severa. Não seja hipocondríaco, pessoas com sobrepeso não necessitam de remédios.

9 – Cuidado com charlatães. Desconfie de produtos milagrosos que são amplamente divulgados na TV ou vendidos em catálogos, geralmente usam artistas para promoção e prometem emagrecimento fácil e rápido. Não existe mágica. Você tem que acabar com a causa do problema, pode ser de forma mais lenta, porém duradoura, sem dependência química ou de produtos. Não existe nenhuma fórmula que possa substituir uma boa alimentação. O produto pode até funcionar, e às vezes funciona mesmo, mas tem efeito paliativo. Quando você pára de tomar, volta a ganhar peso de novo. Você não pode ficar eternamente dependente de uma fórmula, remédio ou produto. A melhor maneira de controlar o peso de forma duradoura e definitiva é através de educação nutricional (+ Atividade física quando necessário).

10 – Beba bastante água no intervalo das refeições. Algumas vezes a perda de peso na verdade é perda de água (Hipohidratação), o que não é bom para a saúde, além de confundir com perda de gordura, dando falsos resultados de emagrecimento. É por isso que dizem que “água engorda”. Absurdo! A água faz parte da nossa composição corporal e não deve ser evitada, e sim bebida diariamente.

Fabíola Cáus Simões
Nutricionista CRN 961002107
Especialização em Nutrição Clínica

http://minhavida.uol.com.br/conteudo/60-Os-10-mandamentos-de-quem-quer-seguir-uma-dieta.htm

Mostrando 8 comentários
  • Iza

    Olá???Estou visitando este espaço e achei maravilhoso!!!!Já estou seguindo.Muito bom mesmo.bjks

  • Lola Flor

    Gostei das dicas, não é necessário dar tantas satisfações para um comportamento magro!
    Obrigada, Lola.

  • Rebeca

    Lu,

    Tô precisando guardar esse mandamentos e cumprir com todos eles. Você, como sempre, arrasando nas suas postagens. Acho que temos que seguir regras, mesmo sendo tão difícil cumprir todas que nos rodeiam. Mas com ajuda e determinação chegamos lá.

    Beijo bem grandão.

    Rebeca

  • Fabiana Tardochi

    Oi Luciana, suas postagens tem me ajudado muito. Obrigada por se dedicar a ajudar as meninas da Dieta Coletiva.
    Bjs

  • Lu Souza Brito

    Uma amiga me disse isso: só conseguiu emagrecer (ela engordou 20 quilos durante a gravidez), porque parou de falar com as pessoas , principalmente familiares. Ela simplismente fechou a boca (cortando os exageros e as palavras, rsrs). E gradualmente foi emagrecendo e quando alguém reparava e elogiava servia de incentivo para continuar emagrecendo. em menos de 3 meses ela voltou a forma que tinha antes da gravidez, ou seja, 53kg.

  • Cris

    amei as dicas,quero estar informada de todas novidades
    mil bjs

  • Joelma

    Boa noite Lu ! Quero te agradecer pois acabei de ler alguns textos aqui no seu blog e preciso emagrecer.Tenho força de vontade e minha meta neste ano é emagrecer com saúde é claro. Sou professora em 2 escola e a noite faço Pedagogia a distancia.Correria e gostaria de maiores informações, além de roer unhas por ansiedade há muitos anos. Já tentei de tudo….conto com sua ajuda….Obrigada!!!

  • Luciana

    Joelma, Não deixou o link para eu entrar em seu blog. Se ler esse comentário, por favor, me deixe e-mail para responder. Bj

Escreva um comentário