Quero praticar exercício físico, mas e o cabelo, como fica?

Início / Blog / Quero praticar exercício físico, mas e o cabelo, como fica?

Entre os principais impedimentos para o início da atividade física está o fato de que o cabelo fica suado após o treino


Sempre ouvimos falar sobre os benefícios da atividade física, assunto debatido em vários veículos de comunicação, além de ser uma orientação médica constante. Atualmente com o estresse e a má alimentação, cuidar da saúde é uns dos focos que estão sendo debatidos para aumentar a qualidade de vida.

Muitas pessoas gostariam de praticar algum esporte, porém muitas vezes existe um impedimento real que nos impossibilitam, como algumas doenças, problemas de articulação graves, mas surpreendentemente uma nova dificuldade vem sendo um obstáculo na vida de algumas mulheres, o cabelo.

Mas nem sempre os impedimentos ocorrem por questões de saúde. Cientistas norte-americanos acabaram de descobrir que o estilo do cabelo pode impedir as mulheres de aderir em uma atividade física. Isso mesmo, as mulheres atuais não querem estragar o penteado.

Uma pesquisa que foi divulgada pelo jornal britânico Daily Mail explicou que as mulheres que costumam alisar os fios são menos propensas a praticar atividades físicas do que aquelas que têm penteados mais práticos.

Regina Benjamin, médica do US Surgeon General, destacou que muitas acabam evitando as atividades físicas porque isso arruinaria a escova. “Elas dizem que o suor estragaria o penteado. Quando você começa a praticar exercícios, procura motivos para parar e o cabelo pode ser uma das desculpas”, contou.

Emma Williams, médica da Fundação Britânica de Nutrição, sugeriu que uma das formas de se livrar do problema é procurar exercícios que não levem ao suor intensivo, como caminhadas.

Isso porque aliado à vaidade, o cabelo das mulheres é um ponto de destaque, que dá charme todo especial, sendo até um aspecto importante na hora da sedução. Hoje a praticidade está em primeiro lugar, e os alisamentos chegaram com essa finalidade, facilitar o dia a dia de mulheres que precisam estar arrumadas em menos tempo possível, preparadas para uma reunião, uma festa ou até um evento social sem ter muito trabalho e custos.

A cultura do belo está instalada em nossa sociedade, assim como tudo que se resolve rapidamente, em função da falta de tempo e a correria dos dias atuais que exige tudo pronto. Desta forma vemos que a cultura do belo ainda prevalece mesmo que isso deixe de trazer benefícios à saúde e o bem estar.

O estudo acima aponta que podemos achar outras formas de exercitar o corpo, que produzam menos suor ou mesmo intercalar os dias de acordo com que precisa arrumar o cabelo, assim se junta o prático com o ideal para a saúde.

Além das caminhadas temos a opção do pilates, a yôga, ginástica localizada, entre outras modalidades.

O ideal é que cada um possa achar dentro das propostas das grandes academias uma forma de se exercitar sentindo-se bem e não arruinar a escova do cabelo.

Quero praticar exercício físico, mas e o cabelo, como fica?

Comentários
  • Lia*

    O pior que a pesquisa é verdadeira. Digo, eu era vitima disso, quando fazia academia, assim como muitas meninas que malhavam comigo e alisavam o cabelo. Tinha uma amiga que na sexta, não ia a academia pois já tinha feito escova… então era dia que não malhar e até as vezes na segunda.
    Eu quando alisava… também pensava duas vezes em praticar algo que “desmoronasse” o meu cabelo.
    Mas vejo, que não podemos pensar assim, pois deveriamos pensar primeiro na saude. Mas quem dissse que o “imperio da beleza” nos deixar fazer algo que traz somente beneficio para saude?! Lamentável mais real!

    Abraços Lu!

Escreva um comentário

WhatsApp chat Contato pelo WhatsApp