vc repórter: com dieta controversa, jovem de 1,50 m perde 62 kg

Início / Blog / vc repórter: com dieta controversa, jovem de 1,50 m perde 62 kg

vcreportermontagememagrecimentojosie-ventorini

Até o início de 2011, a paulista Josie Ventorini pesava 115 kg; hoje está com 53 kg Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação Até o início de 2011, a paulista Josie Ventorini pesava 115 kg; hoje está com 53 kg Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

​Uma estudante de Catanduva, no interior de São Paulo, perdeu mais da metade de seu peso em menos de três anos. Em 2011, Josie Ventorini, à época com 20 anos, ultrapassava os três dígitos ao subir na balança. Pesava 115 quilos medindo 1,50 m. Hoje, orgulha-se de seus 53 quilos.

“Minha família é muito próxima. Sempre nos reunimos para almoços, aniversários e eventos em geral. Por isso, cansava de ouvir de primos e tios que eu tinha que criar vergonha na cara e emagrecer”, conta Josie para explicar o que a motivou a “fechar a boca” durante quase dois anos.

Para a maioria dos casos de quem faz dieta, essa expressão, a de “fechar a boca”, é hiperbólica. Não para o caso da estudante paulista. De janeiro de 2011 até o final de 2012, segundo garante, ela comia um bife pequeno por dia. E só. “Às vezes, quando eu sentia fome ou vontade de alguma outra coisa, eu comia uma porção de arroz ou uma salada, mas era raro”, afirma

A dieta, embora controversa, deu resultados. Ao final de 2012, Josie já pesava 63 quilos. A diferença foi acompanhada pelos amigos, colegas da faculdade de biologia e pelos parentes, aqueles mesmos que clamavam pela tal “vergonha na cara”. Em 2013, incluiu também exercícios físicos e quatro refeições leves por dia.

Uma amiga, que Josie preferiu não identificar, foi mais longe: disse para ela que a tinha como inspiração para perder alguns quilinhos a mais. A moça chegou a pendurar duas fotos de Josie na parede do quarto: uma de antes da perda de peso e outra de depois.

Outro hábito que adquiriu recentemente, o de fazer longas caminhadas ao ar livre, também tem servido de exemplo para amigos e parentes, que constantemente pedem para acompanhá-la, invejando o manequim que a estudante enverga no corpo esguio.

“Totalmente desaconselhável”

Segundo a nutricionista Barbada Gerbasi, da RG Nutri, a dieta realizada pela jovem é “totalmente desaconselhável” por diversos motivos. O primeiro deles seria que a quantidade calórica ingerida por ela era muito abaixo da energia necessária para manter o corpo funcionando adequadamente. Isso sem citar a falta de outros nutrientes, considerados essenciais, como os carboidratos, as vitaminas e os minerais, que participam de diversas reações no corpo, fundamentais à saúde e à vida.

“O bife pertence ao grupo das proteínas, contém boa quantidade de vitamina B12, ferro e zinco, mas uma alimentação exclusivamente composta por este alimento é prejudicial à saúde”, explica Bárbara.

Submetendo-se à dieta, Josie esteve sujeita a desmaios, tonturas, mal estar, além de, a médio prazo, sofrer alterações em suas quantidades de vitaminas e minerais do sangue. Sem falar no desequilíbrio das funções do corpo.

“Em linhas gerais não é recomendada a exclusão de grupos alimentares, deve-se comer moderadamente alimentos fontes de carboidratos, dando preferência aos integrais; proteínas optando pelos cortes mais magros; fibras, vitaminas e minerais, presentes nas frutas, verduras e legumes”, afirma a nutricionista, que diz não acreditar que a jovem tenha se alimentado de forma tão pobre durante tanto tempo.

http://saude.terra.com.br/dietas/vc-reporter-com-dieta-controversa-jovem-de-150-m-perde-62-kg,f4eb4a7e2d751410VgnVCM3000009acceb0aRCRD.html

Comentários
  • ANDREA

    Acho loucura!! E também não acredito que ninguém consiga uma dieta tão restritiva assim.
    Acredito em redução de quantidades, mas nada tão exagerado.
    Saúde em primeiro lugar.

Escreva um comentário

WhatsApp chat Contato pelo WhatsApp